União autoriza Campo Novo buscar recurso para combater enchente

diminuiaumenta

O Ministério da Integração Nacional reconheceu a situação de emergência em razão da das fortes chuvas que inundaram Campo Novo dos Parecis, no último final de semana. Na prática, o município pode solicitar apoio da secretaria de Proteção e Defesa Civil (Sedec) para ações emergenciais de socorro, assistência e recuperação de áreas atingidas. A portaria publicada no Diário Oficial da União desta sexta (17) tem prazo de 180 dias.

Conforme o Ministério, para ter acesso aos recursos emergenciais, o município deve apresentar o Plano Detalhado de Resposta (PDR), por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastre (S2ID), disponível na página do governo. Após análise técnica, por meio da equipe da Sedec, o Ministério da Integração define o valor do recurso a ser disponibilizado.

Além de Campo Novo, outros sete municípios do país foram reconhecidos com situação de emergência por seca ou inundações. No caso de estiagem são Olho d´Água (AL) e Lafaiete Coutinho, Maniel Vitorino e Remando, todos na Bahia. No caso de chuvas atingiram Catalão (GO) e Francisco Morato (SP) e Cunhataí (SP). 

No último domingo (12), as fortes chuvas afetaram cerca de três mil moradores em Campo Novo. Em apenas 48 horas foram registrados 310 milímetros de chuva, sendo que a média para o mês é de 200 milímetros.


Fonte: Redação

Data: 20/02/2017