Incêndio destrói galpão e caminhões de transportadora em cidade de MT

diminuiaumenta

Um incêndio de grandes proporções destruiu o galpão de uma empresa especializada em transporte e logística, durante a madrugada desta terça-feira (6) na cidade de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. De acordo com informações da assessoria do Corpo de Bombeiros, o vigilante de uma empresa viu o início do incêndio e chamou os bombeiros. Depois de quatro horas de combate o fogo foi controlado. Ninguém se feriu.
saiba mais
Incêndio atinge estoque de empresa de reciclagem em Várzea Grande (MT)
O incêndio teria começado por volta de 1h30 [horário de Mato Grosso], dentro do galpão da empresa que fica localizada na Avenida Governador Júlio Campos, no Bairro Jardim dos Estados. Por existir muitos produtos inflamáveis dentro do galpão, os bombeiros tiveram dificuldade no trabalho, além da preocupação de não deixar que o incêndio se alastrasse para estabelecimentos vizinhos, como uma madeireira e um restaurante.
Cerca de 30 bombeiros e 10 viaturas de Cuiabá e Várzea Grande atuaram ao longo da madrugada para controlar as chamas. O fogo destruiu diversos materiais, encomendas, três caminhões utilizados pela transportadora, além da estrutura do galpão, que teria cerca de 670 metros quadrados.
O internauta Henrique Reck mora perto do local do incêndio e enviou imagens pelo aplicativo Bem Na Hora, da TV Centro América. "Eu estava tentando dormir e escutamos os estouros, era fogo nesse barracão. Logo que começou o incêndio ficamos sem energia, só voltou [o fornecimento] agora pela manhã", relatou ao G1.
A corporação ainda não sabe o que teria provocado o incêndio. Ainda pela manhã os bombeiros continuavam no local para o rescaldo do incêndio.
Ao G1, a Energisa, empresa que assumiu o controle das Centrais Elétricas de Mato Grosso (Cemat), informou que foi solicitado a interrupção de um dos alimentadores de energia daquela região para que o trabalho dos bombeiros fosse feito com segurança. Mais de 600 casas e estabelecimentos tiveram o fornecimento interrompido entre 1h55 e 5h57. Ainda conforme a Energisa, a energia já foi normalizada.


Fonte: G1 Mato Grosso

Data: 06/05/2014